Copa 2014

Messi, um rei sem consolo

Messi, um rei sem consolo: “Nós, os da frente, erramos”

Lionel Messi não tem lágrimas, mas também não tem consolo. Nem sequer a Bola de Ouro adidas, prêmio entregue ao melhor jogador do torneio, pode mudar, por menos que seja,…

Alemães comemoram e Brasil emociona o mundo

Alemães comemoram e Brasil emociona o mundo

Esta sempre prometeu ser uma Copa do Mundo da FIFA especial. Sediada por uma nação que representa a essência do esporte das multidões, a 20ª edição do evento máximo do…

Uma goleada histórica para deixar o Mineirão atônito

Uma goleada histórica para deixar o Mineirão atônito

O Brasil iniciou o jogo no Mineirão tentando imprimir um ritmo acelerado, como havia feito contra a Colômbia, com sucesso. A Alemanha não se deixou levar pela correria. E, depois…

Marco Rodriguez é o árbitro do Brasil x Alemanha

Marco Rodriguez é o árbitro do Brasil x Alemanha

A FIFA anunciou hoje o árbitro escolhido para a primeira semifinal da Copa do  Mundo da FIFA Brasil 2014™, entre Brasil e Alemanha. O mexicano Marco Rodriguez, de 40 anos,…

Thiago Silva incentiva Dante

Thiago Silva incentiva Dante: “Estava escrito que ele ia jogar”

O zagueiro Thiago Silva não pareceu muito incomodado com a ausência na partida contra a Alemanha, na terça-feira, no Mineirão. Suspenso pelo segundo cartão amarelo, o capitão apontou o destino…

Emoção, chances e gols no fim para definir a classificação belga

Emoção, chances e gols no fim para definir a classificação belga

Foi um jogo emocionante, disputado em ritmo alucinante e com uma chance clara atrás da outra. E os gols, que não saíram por pouco no tempo normal, apareceram aos montes…

Vitória na força e no fim, como pede a tradição para a Mannschaft

Vitória na força e no fim, como pede a tradição para a Mannschaft

Foi sofrido, suado e cheio de sustos, mas, no fim – e como pede a tradição –, foi mesmo a Alemanha que saiu vencedora. Contra uma Argélia que teve outra…

2390290_full-lnd

Navas e Ochoa puxam a fila de goleiros premiados

Prêmios individuais quase sempre vão parar nas mãos de jogadores ofensivos. O Brasil 2014, no entanto, fugiu desse roteiro na semana passada. Nada menos que seis dos últimos 16 prêmios…