Estão abertas as inscrições para o Vestibulinho das Etecs

20120921[1]

Ao todo, são oferecidas 6.503 vagas para o ensino médio, 22.211 para o ensino técnico integrado ao médio e 52.946 vagas para cursos técnicos

O Vestibulinho das Etecs abre suas inscrições nesta terça-feira (6) para o processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais. Os interessados devem se inscrever exclusivamente pela internet até às 15h do dia 10 de novembro. Para isso, é preciso imprimir o boleto bancário e pagar a taxa de R$ 30 em qualquer agência bancária.

Ao todo, são oferecidas 6.503 vagas para o ensino médio, 22.211 para o ensino técnico integrado ao médio e 52.946 vagas para cursos técnicos em 218 Etecs e em 196 classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a administração de uma Etec. Deste total, 2.575 vagas são para o técnico na modalidade semipresencial.

Ensinos técnico e tecnológico são passaporte para a empregabilidade

Três cursos técnicos – administração, comércio e secretariado –  são oferecidos na modalidade on-line. A novidade é que a Etec Julio de Mesquita, de Santo André, passa a ser um polo de educação a distância (EaD). São mais de 26 polos no Estado de São Paulo.

Outro destaque são os cursos de Cozinha e Logística na modalidade EJA. Cozinha será oferecido nas unidades Santa Ifigênia (Capital) e Benedito Storani (Jundiaí) e logística na Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira, de Santana de Parnaíba.

Quem pode concorrer
Para concorrer a uma das vagas para o ensino médio e do ensino técnico integrado ao médio, o candidato deve ter concluído o ensino fundamental nas modalidades regular, Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Os que pretendem fazer o ensino técnico precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do ensino médio.

Programa Vence
Por meio do Programa Vence, parceria com a Secretaria de Educação do Estado, o Centro Paula Souza estende o ensino técnico integrado ao médio às escolas estaduais. As 1.606 vagas para essa modalidade serão oferecidas na rede estadual de duas maneiras: O aluno terá as aulas do ensino médio em uma escola estadual e as do curso técnico em uma Etec (modalidade interdependente), ou aulas do ensino médio e do curso técnico na mesma escola estadual.

Especialização de nível médio
290 vagas são destinadas aos cinco cursos de especialização técnica. Um deles é inédito: logística reversa. Os demais são automação predial, enfermagem do trabalho, enfermagem no atendimento em urgência e emergência intra e extra-hospitalar, gestão de unidades de alimentação e nutrição.

Para fazer a inscrição, além de ter concluído o ensino médio o candidato precisa ter cursado integralmente o ensino técnico associado ao curso de especialização, conforme relação disponível no site.

Certificação de Competência
Há vagas remanescentes de segundo módulo para nove cursos técnicos: administração, edificações, eletrônica, informática, logística, mecânica, mecatrônica, recursos humanos e segurança do trabalho. Os interessados devem ter concluído o ensino médio e ter experiência profissional na área do curso.

Inclusão social
O Sistema de Pontuação Acrescida concede acréscimo de pontos à nota final obtida no exame, sendo 3% a estudantes afrodescendentes e 10% a oriundos da rede pública. Se o candidato estiver nas duas situações, recebe 13% de bônus.

Para ter direito ao bônus, o candidato afrodescendente e/ou oriundo da rede pública deve fazer a autodeclaração no ato da inscrição. É imprescindível ler o Manual do Candidato, integralmente e atentamente, antes de fazer a inscrição, para ter conhecimento de todos as regras e evitar desclassificação do processo seletivo.

Para mais informações, acesse o site do Vestibulinho das Etecs.

Do Portal do Governo do Estado